Posts Tagged ‘ refletindo a arte liefeldiana ’

The Infinite e a desvalorização do autor

Para um  artista é essencial ter uma identidade , sem ela nunca se sairá do lugar comum. E isso vale para diretores de cinema, escritores, músicos, pintores e claro – desenhistas de quadrinhos.

O meio quadrinístico é cheio de bons artistas, no entanto são poucos aqueles que conseguem se destacar da massa e fugir de um traço pasteurizado e comum. Como eu havia dito no post anterior, Rob Liefeld é um desses destaques no meio de um mundo comum e sem-graça. Mas claro, a discussão hoje é um pouco diferente.

Continue lendo

Anúncios

Analisando a obra liefeldiana #4

Como já citado em outras colunas sobre a análise da obra liefeldiana, sabemos que o nosso querido Maioral tem trabalhado bastante em cima dessa sociedade cada vez mais inserida na ditadura da beleza. Liefeld tem feito críticas contundentes através de seus desenhos, com seus personagens de anatomia desproporcional.

E hoje, analisando as novas capas de Avengelyne vemos que Liefeld tem sim continuado este trabalho, agora focando na questão da estética facial. Observem a capa e analisem:

Continue lendo

Novo recado aos detratores de Rob Liefeld

No início deste blog, falei nesse post aqui do porque Rob Liefeld desenha os pés de uma determinada maneira. Hoje não falarei nada, apenas deixarei um recado a todos aqueles que insistem em falar mal do Maioral usando a seguinte tirinha:

Analisando a obra liefeldiana #3

Hoje, nessa polêmica coluna (não é sobre mamilos) trarei a tona um pouco das referências culturais do mestre Rob Liefeld. Como sabemos, o Maioral se dedica bastante a pesquisa, usando referências para homenagear artistas menores que ele em seus desenhos. O que as pessoas acabam deixando passar batido entretanto, são as referências tiradas de outras mídias, nesse caso em específico o cinema.

Quem conhece os personagens de Liefeld sabe que uma das características mais comuns em seus personagens são as saqueiras (também temos as metrancas e as proporções propositalmente deformadas, etc), como visto nos exemplos a seguir:

Continue lendo

A sexualidade no trabalho de Rob Liefeld

Oi gente, farei aqui uma breve análise sobre alguns elementos sexuais e sensuais da obra Liefeldiana.

Como todos sabemos, o mestre tem preferência por desenhar mulheres voluptuosas de proporções exageradas, afim não só de fazer críticas, mas também exacerbar os pontos sensuais do corpo feminino. Daí a cintura fina, perna grossa. Coisas que vocês que lêem esse blog já sabem muito bem. O mesmo vale para o corpo masculino que exala força e virilidade. E quando Rob Liefeld junta dois desses modelos em uma cena sexy, o que temos? Vejam aí:

Continue lendo

Falando mais uma vez aos detratores do Rob Liefeld

Bem bem, como vão? Eu não vou bem, sabem por que? Por ouvir essas injustiças que nosso querido Liefeld sofre. E por isso eu vou dar mais um exemplo aqui de que o desenho do mestre sempre tem um fundo de real. Primeiro claro, vamos a uma das obras do mestre.

Os trolls e detratores certamente vão reclamar da moça que é forte demais e blá blá blá. Mas isso amigos, nada mais é que um novo padrão de beleza que vem surgindo e o Liefeld apenas antecipou. Dúvida? Então toma aí um exemplo:

Continue lendo

Analisando a obra Liefeldiana #2

Olá amigos, hoje nesta coluna falaremos sobre uma das grandes preocupações de Rob Liefeld. Não só exímio artista, nosso ídolo também é um sujeito preocupado com assuntos relevantes à toda sociedade. Em sua breve carreira de modelo Liefeld com certeza pôde observar de perto os perigos da ditadura da beleza. E claro, não passou despercebido aos olhos perspicazes do maioral. Podemos notar em vários de seus desenhos uma forte crítica a este comportamento feminino, onde algumas mulheres fazem de tudo para tentarem se tornar perfeitas. Tomarei como exemplo a seguinte ilustração:

Continue lendo